Licenciatura em Estudos Europeus

Objetivos do Curso

O Ciclo de estudos proposto visa a oferta de um programa interdisciplinar de Estudos Europeus, com incidência em núcleos temáticos estruturantes desta área de estudos, nomeadamente quanto ao processo de integração europeia e aos sistemas internacionais. O plano de estudos que o compõe introduz, por um lado, um conjunto articulado de unidades curriculares que visam a aquisição de conhecimentos mais abrangentes e propedêuticos, e, por outro, e sobretudo, o aprofundamento de conteúdos mais específicos, mas que não se traduzem numa especialização, reservada a estudos pós-graduados, no âmbito dum segundo ciclo sequencial.
Pretende-se que os estudantes adquiram competências sólidas na área dos Estudos Europeus – possibilitando, não só, a capacidade de saber comunicar, recriar e aplicar os conhecimentos e saber encontrar as soluções para os problemas específicos colocados na referida área, mas também de pensar os problemas de modo global e de exercer autonomia intelectual e espírito crítico.

Condições de Acesso e Ingresso

Uma das seguintes provas: Filosofia (06) ou História (11) ou Português (18). Classificações Mínimas Nota de Candidatura: 95 pontos. Provas de Ingresso: 95 pontos. Fórmula de Cálculo: Média do secundário: 50%; Provas de ingresso: 50%.

Saídas Profissionais

Instituições europeias e internacionais; Administrações públicas; Diplomacia, quadros ou peritos do Ministério dos Negócios Estrangeiros e de outras estruturas do aparelho de Estado; Ensino, formação e investigação; Associações Empresariais e Sindicais; Câmaras Municipais; Associações de Desenvolvimento Local e Regional; Empresas de Consultoria; Empresas de Comunicação Social.

Comments are closed.